Pouco mais de 50 anos é a média de idades dos cabeças de lista das 16 formações políticas que concorrem às eleições europeias, com os professores a liderarem o ranking das profissões.

A CDU, coligação que junta tradicionalmente o PCP e o PEV em atos eleitorais, é a lista que apresenta o candidato mais novo: João Ferreira, de 35 anos.

Com uma licenciatura em Biologia, João Ferreira está no Parlamento Europeu desde 2009, mas até essa altura ocupava o cargo de técnico superior na Associação Intermunicipal de Água da Região de Setúbal.

Um pouco mais velha do que João Ferreira, mas também ainda na casa dos ¿trinta', está a candidata do BE, Marisa Matias, com 38 anos. Igualmente no Parlamento Europeu desde 1999, Marisa Matias é a única socióloga entre os cabeças de lista às eleições de 25 de maio e também uma das duas únicas mulheres escolhidas para ¿número um', a par de Carmelinda Pereira, do POUS.

Seis candidatos entraram já nos "quarentas": Paulo Rangel (Aliança Portugal, coligação que junta PSD e CDS-PP), Francisco Assis (PS), Orlando Figueiredo (PAN), Eduardo Welsh (PND), Rui Tavares (Livre) e Nuno Correia da Silva (PPM).

Paulo Rangel, outro "repetente" nas eleições e que também já está Parlamento Europeu, tem 46 anos e é jurista de profissão, embora a política tenha tido lugar de destaque na sua vida ao longo dos últimos anos.

O cabeça de lista do PS, Francisco Assis, também já passou por Bruxelas e tem 49 anos. Licenciado em Filosofia, a política tem ocupado igualmente muito do seu tempo, mas a profissão que escolheu foi a de professor.

Outro dos cinco professores que se apresentam como cabeças de lista para as eleições europeias é Gil Garcia, do MAS. Com 56 anos, o antigo militante do BE tem a responsabilidade acrescida de ser o "número 1" da lista que marca a estreia do MAS em eleições.

Eduardo Welsh, do PND, tem 46 anos, é empresário e do seu currículo consta um doutoramento em História da Arte Chinesa.

À semelhança do MAS, o Livre também se apresenta pela primeira vez a eleições e tem como cabeça de lista Rui Tavares, o historiador de 42 anos que há cinco anos foi eleito eurodeputado nas listas do BE.

Nuno Correia da Silva, de 47 anos, é o cabeça de lista do PPM. Consultor financeiro de profissão, o agora monárquico começou o seu percurso político no CDS-PP, tendo chegado à liderança da JP e sido deputado eleito pelos democratas-cristãos na década de 90.

Com 52 anos, o professor universitário e editor Humberto Nuno de Oliveira é o cabeça de lista do PNR.

Quatro anos mais velho, com 56 anos e licenciado em Economia, Paulo Casaca é o cabeça de lista do PDA, mas esta não será a sua ¿estreia' em eleições europeias. Há 15 anos, Paulo Casaca integrou as listas do PS e chegou a ser eleito deputado europeu pelos Açores.

Um pouco mais velhos são os candidatos do PCPT/MRPP, do PTP, do MTP e do POUS.

Com 60 anos, Leopoldo Mesquita, formado em economia, é o candidato do PCTP/MRPP.

Um ano mais velho, o cabeça de lista da PTP é José Manuel Coelho, deputado na Assembleia Legislativa da Madeira, que inscreve como profissão «pintor da construção civil».

Com 63 anos, o antigo Bastonário da Ordem dos Advogados Marinho e Pinto é o candidato do MTP.

A cabeça de lista mais velha é a "repetente" em eleições Carmelinda Pereira, a professora aposentada de 65 anos que volta a concorrer pelo POUS.