O líder parlamentar do PS, Ferro Rodrigues, enviou esta sexta-feira uma mensagem de condolências à família de José da Silva Lopes, antigo ministro das Finanças e governador do Banco de Portugal, destacando as suas elevadas qualidades de economista.

José da Silva Lopes, um dos mais reputados economistas portugueses, morreu na quinta-feira, aos 82 anos, depois de ter estado hospitalizado nos últimos dias.

Em comunicado, a bancada socialista refere que na mensagem «Eduardo Ferro Rodrigues destaca as elevadas qualidades do economista de reconhecido mérito, que em muitos momentos colaborou com o Grupo Parlamentar do Partido Socialista».

Na quinta-feira à noite, o secretário-geral do PS, António Costa, lamentou a morte do antigo ministro e governador do Banco de Portugal, José da Silva Lopes, destacando a sua «brilhante carreira» ao serviço do desenvolvimento económico nacional.

«O doutor Silva Lopes serviu o país de forma dedicada e relevante, quer como membro de vários governos provisórios e do III Governo Constitucional, quer como governador do Banco de Portugal, mostrando-se sempre um defensor do crescimento e desenvolvimento económico e social de Portugal. Valores a que sempre se mostrou fiel em toda a sua brilhante carreira como economista», considerou António Costa.