A comentadora disse esta quarta-feira que o compromisso proposto por Passos no debate do Estado da Nação «não lhe parece nada realista» e acha que o discurso do governo e dos partidos do arco da governação «vem de Marte».

«Acho que este discurso vem de Marte» quando o governo elogia o estado em que o país está.

«É não ter em consideração a vida dos portugueses. Quem não recebe subsídio de desemprego vê luz ao fundo do túnel? Não, foi atropelada pela austeridade»

O discurso do governo no debate do Estado da Nação foi um «discurso de propaganda bem feito», em que «não se cansaram de elogiar o progresso» e a

nuvem do TC» desapareceu.

Constança Cunha e Sá considerou esta um «discurso esquizofrénico do governo, que à segunda-feira estamos à beira do segundo resgate e de uma crise política e que à quarta o país vive espantosamente bem e é exemplo para a Europa».



Veja o comentário na íntegra.