"Não tenho previsto nenhuma visita"

O líder do PS foi questionado por vários cidadãos e também pela jornalista Judite Sousa, a quem respondeu a esta pergunta baixando o tom de voz com que vinha falando.

Antes, insistiu no que tem dito sempre que o confrontam com o caso Sócrates: "É a resposta que já mais vezes dei e dá-la-ei quantas vezes for necessário: uma separação muito clara daquilo que é a política e a justiça". 

"Confio no sistema de justiça na sua plenitude para investigação e presunção de inocência. Devemos respeitar a autonomia do Ministério Público e a autonomia da presunção da inocência"

Leia também:

Costa: reduzir IVA da restauração sim, IVA da eletricidade não

Melhorar o ensino "não passa por ter exames"

Costa quer acabar com penhora de casas de família por dívidas fiscais

Costa pondera compromissos, mas não com a direita

O relato da entrevista AO MINUTO