Eleições: PSD vence europeias

Sondagem da TVI dá vantagem aos sociais-democratas

Por: Redação / PP    |   7 de Junho de 2009 às 20:00
PSD vence as eleições europeias de acordo com uma sondagem realizada pela Intercampus para a TVI e o Rádio Clube. Os sociais-democratas alcançam um resultado entre os 30,4 e os 32,4 por cento, o que lhes dá uma média de 32,4 por cento. Em segundo lugar surge o PS com um resultado médio de 26,1 e um intervalo entre os 24,1 e os 28,1 por cento.

Abstenção entre os 61,5 e os 65,5

Em terceiro lugar aparece o Bloco de Esquerda com 11,3 por cento (entre os 9,8 e os 12,8). Em quarto lugar, muito próximo dos bloquistas, está a CDU com 11,2 (entre 9,7 e 12,7). Finalmente, o CDS-PP com 8 por cento (entre 6,7 e 9,3).

Projecções da SIC

Segundo a projecção da SIC, realizada pela Eurosondagem, o PSD também é o vencedor das europeias com um resultado entre os 29,2 e os 33 por cento. Depois vem o PS, entre 27,7 e 31,5. Em terceiro lugar surge novamente o Bloco de Esquerda com um valor entre 11,6 e 13,4 por cento. A CDU aparece em quarto lugar com uma percentagem entre 9,5 e 11,3. Por fim o CDS-PP poderá chegar aos 9,3, com um mínimo previsto de 7,5 por cento.

Projecções da RTP

Na RTP a projecção feita pelo CESOP-Universidade Católica, aponta também como vencedor o PSD, com um resultado entre os 29 e os 34 por cento. O PS ficará entre os 28 e os 33 por cento. Novamente como terceira força política surge o Bloco de Esquerda entre os 9 e os 12 por cento. Assim como a CDU, entre 9 e 12. A diferença entre estes dois partidos de esquerda está no número de mandatos. Em último temos o CDS-PP com um resultado variável entre os 7 e os 10 por cento.

Sondagem Intercampus para a TVI e Rádio Clube Português, realizada no dia 7 de Junho de 2009, com o objectivo de identificar o resultado da votação para as eleições do Parlamento Europeu em 2009.

Universo constituído por eleitores que participaram no acto eleitoral. Com recolha através de simulação de voto em urna, a amostra é constituída por 25646 entrevistas, recolhidas em 21 freguesias de Portugal Continental. O erro de amostragem, para um intervalo de confiança de 95 por cento, é de mais ou menos 0,6 por cento. Os resultados da projecção são directamente obtidos a partir de uma sondagem realizada pela Intercampus e na qual se obteve o valor de 11,0 por cento de respondentes que votaram em outros partidos, em branco ou de forma não válida. Esta sondagem permitiu igualmente a estimativa do número de mandatos com base numa simulação do método de Hondt.


Artigo actualizado às 20h09
Partilhar
FOTOGALERIA:
PSD vence Eleições Europeias

Sondagem EM CIMA: Sondagem

COMENTÁRIOS

PUB
OE2015: há 66 milhões de euros em medidas por explicar

Técnicos independentes que apoiam o Parlamento dizem que não é possível aferir «o grau de razoabilidade» de algumas poupanças. Há previsões rodeadas de «elevada incerteza». Necessidades de financiamento são superiores aos limites de endividamento previstos. E, mais uma vez, é a receita - leia-se, impostos - que mais pesa no ajustamento