O Presidente da República apresentou hoje Portugal como um país que «recuperou a credibilidade» e que tem uma economia competitiva e sustentável, sublinhando os «claros sinais» de recuperação económica que têm vindo a surgir.

«Findo o programa de ajustamento, Portugal recuperou a credibilidade e o acesso aos mercados. A economia portuguesa é hoje mais competitiva, sustentável e mais integrada na economia global», afirmou o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, numa intervenção no encerramento do seminário económico Portugal-México, que decorreu num hotel em Lisboa e juntou centenas de empresários dos dois países.

Deste programa de ajustamento, acrescentou Cavaco Silva, têm vindo a surgir «claros sinais de recuperação da atividade económica, com efeitos na redução do desemprego», sendo relevante que a retoma tem sido sustentada no aumento das exportações, que subiram de 30% do PIB em 2010 para 40% em 2013.