O vencedor das primárias do PS, António Costa, vai discursar formalmente no I Congresso do Partido Livre, domingo, em Sintra, confirmou esta sexta-feira a nova força política no seu sítio da Internet.

«Estão confirmadas desde já as intervenções dos representantes da Associação Fórum Manifesto, por Ana Drago, da Associação Renovação Comunista, por Paulo Fidalgo, e do Partido Socialista, por António Costa», lê-se na página do partido «da papoila».

Segundo a organização do evento, as diversas participações vão começar pelas 16:00 até ao encerramento dos trabalhos, previsto para as 19:00, devendo o atual presidente da Câmara Municipal de Lisboa proferir a sua alocução até às 17:00, "devido a outros compromissos de agenda".

Os dirigentes do Livre, cujo rosto mais visível é o do antigo eurodeputado independente pelo BE Rui Tavares, esclarecem que ainda aguardam mais confirmações de presenças, adiantando que PCP, BE e «Os Verdes» vão estar presentes, mas sem uma intervenção, respetivamente por Rosa Rabiais, Ricardo Moreira e a dupla ecologista constituída por Rogério Cassona e Paula Costa.

«Juntar Vontades, Fazer Futuro» é o mote da reunião magna do Livre, agendada para domingo, entre as 09:00 e as 19:00, no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, oito meses depois do Congresso Fundador. A moção a ser apresentada pelo grupo de contacto intitula-se «Agora, o Futuro».

O Partido Livre foi legalizado pelo Tribunal Constitucional em março, a tempo de concorrer às «Europeias2014», nas quais se afirmou como a sexta força política em Portugal, tendo PSD e CDS-PP participado em coligação, com 2,2% dos votos, correspondentes a 71.602 eleitores.