logotipo tvi24

Conselheiros de Estado vaiados à saída

Dezenas de pessoas mantiveram-se até ao fim da reunião em frente ao Palácio de Belém

Por: tvi24    |   2012-09-22 01:30

«Cobardes» e «gatunos», gritaram bem alto algumas dezenas de manifestantes que permaneceram em frente ao Palácio de Belém até ao final da reunião do Conselho de Estado.

«O povo unido jamais será vencido» foi também outra das palavras de ordem ouvidas no final da reunião dos conselheiros de Estado.

Os manifestantes gritavam e assobiavam enquanto saíam do palácio presidencial, pela porta principal, as viaturas em velocidade acelerada, constatou a Lusa no local.

Vários milhares de pessoas voltaram esta sexta-feira às ruas em várias cidades do país para protestar contra as medidas de austeridade enquanto os conselheiros de Estado reuniram no Palácio de Belém, em Lisboa.

O protesto com maior número de pessoas decorreu junto ao palácio presidencial, onde milhares gritaram desde as 17:00 palavras de ordem e mostraramm o descontentamento com vários cartazes contra as políticas de austeridade.

Partilhar
FOTOGALERIA:
Vigília à porta do Palácio de Belém

Vigília à porta do Palácio de Belém [Reuters] EM CIMA: Vigília à porta do Palácio de Belém [Reuters]

Seguro desafia Passos a «cumprir a sua palavra» e aumentar o salário mínimo
Líder socialista considera que a medida já devia ter sido aplicada e que o primeiro-ministro prometeu levar o assunto à concertação social
«Não vai nascer uma alternativa de esquerda», diz BE
João Semedo revela não ter «qualquer expetativa» em relação às eleições internas no PS
Seguro e Costa «estão de acordo no essencial»
Jerónimo de Sousa diz que mais importante que quem está à frente do PS é saber se o partido quer «uma rutura» com a direita e «uma mudança»
EM MANCHETE
«A Rússia não deve subestimar a Europa»
Durão Barroso quer encontrar uma solução definitiva para a crise na Ucrânia, antes que se chegue a um «ponto sem retorno»
Beneficiários que recuperaram RSI aumentaram 1000%
«Não vai nascer uma alternativa de esquerda»