“Os sucessivos resultados da execução orçamental provam que a política de exploração e empobrecimento prosseguida pelo governo anterior não resolveu nenhum dos problemas do país, antes contribuiu para o aprofundamento da desigualdade na distribuição do rendimento, para o empobrecimento dos trabalhadores, dos reformados, dos pensionistas e das suas famílias”, critica o PCP numa nota enviada às redações.