A deputada do BE Cecília Honório pediu, esta segunda-feira, explicações ao executivo da maioria PSD/CDS-PP sobre os incidentes de domingo entre adeptos e forças policiais durante os festejos do segundo título nacional consecutivo de futebol do Benfica.

"Aquilo que nós exigimos ao Governo, à ministra da Administração Interna, são esclarecimentos imediatos sobre a atuação das forças de segurança, cujo papel é evidentemente preservar a segurança dos cidadãos e cidadãs em acontecimentos desta natureza", afirmou a bloquista, à margem das jornadas parlamentares que decorrem até terça-feira, na região de Setúbal.

Entretanto, o Ministério da Administração Interna anunciou que vai ser aberto um inquérito aos incidentes verificados em Guimarães, onde os "encarnados" defrontaram o Vítória local (0-0). Cecília Honório referiu-se especificamente às imagens televisivas de adeptos do Benfica a serem agredidos por um agente policial na presença de menores, mas também de tiros com balas de borracha alegadamente disparados por forças de segurança em Lisboa, durante a noite.

"Queremos questionar o Governo sobre as orientações que estão a ser seguidas face a estes eventos, a formação dos próprios agentes e, ao mesmo tempo, a inspeção que deve ser levada a cabo para averiguar todas estas situações que, do nosso ponto de vista, indiciam um forte descontrolo, são desproporcionadas e, parece-nos, criam mais problemas do que os que procuram resolver.

A equipa do Benfica e restante comitiva foi recebida no Marquês de Pombal por dezenas de milhares de adeptos do Benfica e os festejos que acabaram em confrontos entre a polícia e alguns adeptos, tendo resultado em alguns feridos entre ambas as partes, ainda não quantificados pela PSP, que também fez algumas detenções (também ainda não contabilizadas).