A deputada do Bloco de Esquerda Cecília Honório considerou hoje que, perante a dimensão da manifestação de polícias, o ministro da Administração Interna deve criar condições necessárias para que as forças de segurança cumpram a sua missão.

Em declarações à agência Lusa, a propósito da manifestação de quinta-feira em frente ao parlamento, que causou 10 feridos e duas pessoas foram identificadas por desacatos, o Bloco de Esquerda (BE), pela voz de Cecília Honório, disse que entende as razões do protesto das forças de segurança.

«Os polícias vieram para a rua dar conta de que não têm as condições para a garantia da missão que desempenham. Não nos podemos esquecer que eles são responsáveis pela segurança das pessoas», sublinhou.

Segundo Cecília Honório, o Governo deve criar as condições necessárias para que os elementos das forças de segurança, vítimas das políticas de austeridade, consigam desempenhar a sua missão.

«Foi uma grande manifestação e a expetativa única, a possível, é de que o senhor ministro da Administração Interna entenda as razões do protesto e responda àquilo que está sobre a mesa e que são as condições necessárias para que as forças de segurança desempenhem as suas funções com dignidade», concluiu.

Milhares de elementos das forças e serviços de segurança manifestaram-se na quinta-feira em frente do parlamento, numa ação de protesto em que a tensão foi elevada, com manifestantes a conseguir invadir parte da escadaria da Assembleia.

Durante os protestos, foram registados 10 feridos e duas pessoas identificadas por desacatos.