O eurodeputado José Ribeiro e Castro espera que a direcção do CDS-PP se pronuncie sobre a sua continuação na lista do partido às próximas eleições europeias, reafirmando a sua disponibilidade para encabeçá-la.

«Sou um deputado em exercício sobre o qual a direcção tem de se pronunciar», afirmou Ribeiro e Castro à Lusa.

O ex-dirigente do CDS-PP diz ter «orgulho» no trabalho que tem feito no Parlamento Europeu e que «merecia ser continuado». «Eu disse numa entrevista, e portanto posso manter, que me apetecia ser cabeça de lista às eleições europeias», afirmou.

Ribeiro e Castro tem recebido apoios à sua continuação em Bruxelas da parte de alguns democratas-cristãos. O antigo dirigente e militante histórico do CDS-PP, Narana Coissoró, considerou sábado que a candidatura de Ribeiro e Castro como cabeça de lista dos centristas às europeias de Junho seria «absolutamente justa e merecida».

Na última sexta-feira, o deputado José Paulo Carvalho, ex-militante democrata-cristão, defendeu que «seria uma perda grave» se o CDS-PP não indicasse como cabeça de lista às europeias de Junho o eurodeputado Ribeiro e Castro.

As eleições para o Parlamento Europeu realizam-se em Portugal a 7 de Junho próximo.