"Tive de marcar para 28 de setembro, foi a única vez que as eleições foram em setembro, porque havia uma coincidência [com as autárquicas], de tal forma que houve um grande debate se não deviam ocorrer no mesmo dia. Foi em 2009", referiu, lembrando que a maioria dos partidos se opôs à simultaneidade das eleições legislativas e autárquicas.


"E há ainda a campanha eleitoral, pois se não têm cuidado ocorre nas praias", gracejou.






Lei da cobertura das campanhas eleitorais é a “mais anacrónica que existe”

"Penso que em Portugal é a lei mais anacrónica que existe. Quando fui primeiro-ministro encontrei uma lei anacrónica, que era a lei da reforma agrária e mudei-a", afirmou o chefe de Estado.




cobertura jornalística

Presidente da República diz que quer fazer da Noruega um “parceiro”



"Vou fazer sete intervenções sobre o mar", enfatizou, acrescentando que Portugal e a Noruega são “parceiros adequados” e que Portugal precisa “de parcerias com conhecimento e experiência".