Atualizada às 00h08

O secretário-geral do PS felicitou hoje o futebolista Cristiano Ronaldo, que recebeu a sua segunda Bola de Ouro de melhor do Mundo, pelo seu «trabalho e entrega» que «superaram fronteiras do futebol».

«Há muito que a sua capacidade de trabalho e a entrega que coloca no que faz, superaram as fronteiras do futebol. O futebol de Cristiano Ronaldo é hoje um dos maiores e melhores exemplos de projeção do nome de Portugal», lê-se na página de António José Seguro na rede social Facebook, que também contém uma fotografia do ídolo português com o equipamento da «seleção das quinas».

O líder do maior partido da oposição refere tratar-se de «um justo reconhecimento pelo trabalho realizado e pela magia que (Cristiano Ronaldo) coloca em muitas das jogadas que terminam em golo ou em assistência para golo».

«Se o golo é a alma do futebol, Cristiano Ronaldo é um jogador que semeia estados de alma e que a todos nos enche de orgulho», afirmou o líder socialista.

Na votação, cujo resultado final foi apresentado pelo antigo futebolista Pelé, na Gala da FIFA, em Zurique, na Suíça, o português do Real Madrid bateu o argentino Lionel Messi, do FC Barcelona, e o francês Franck Ribery, do Bayern de Munique.

Apesar de não ter vencido qualquer título coletivo, Cristiano Ronaldo bateu o recorde pessoal de golos num ano civil, ao apontar 69 tentos em 59 jogos oficiais.

PSD felicita Cristiano Ronaldo pela sua segunda conquista

O PSD felicitou Cristiano Ronaldo pela conquista da Bola de Ouro da FIFA, realçando o facto de ser a segunda vez que o futebolista consegue o feito.

«Cristiano Ronaldo torna-se o primeiro jogador português a conquistar a Bola de Ouro por duas vezes, o que não pode deixar de ser motivo de orgulho acrescido para Portugal, num desporto tão universal e competitivo como é o futebol», pode ler-se na mensagem enviada à agência Lusa.

Aquele partido salientou ainda o facto deste ser ano de Mundial, no qual a seleção portuguesa vai marcar presença, e que a conquista deste troféu por parte de Cristiano Ronaldo pode ser «um incentivo acrescido para todos quantos partilham a paixão pelo futebol».

«Que o exemplo de Cristiano Ronaldo, como desportista de exceção, mas também como homem e profissional de excelência, possa inspirar as gerações mais novas a levar cada vez mais alto e mais longe o nome de Portugal», conclui a nota.