“Tenho um acordo firmado, que como sabem há entre os vários partidos, com o PS onde claramente está que os transportes públicos serão públicos.”




“Sabemos que para o BE é ponto de ordem parar estas concessões. Entendemos que só desta forma está garantido o serviço público, que só desta forma está garantido o direito dos trabalhadores e a mobilidade dos utentes do Porto.”