O recém-eleito presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, deu as primeiras entrevistas depois da sua vitória nas autárquicas. No programa da TSF «Bloco Central», Rui Moreira admitiu que uma aliança com o Partido Socialista pode ser uma solução natural para autarquia, que venceu sem maioria. «Um tango não se dança sozinho», afirmou.

Já em declarações ao «Jornal de Notícias», o independente que conquistou a Invicta, lembrou que o Porto «serve de farol para o país». Garantiu ainda que a cultura vai passar a constar da agenda política do país e quer a câmara a gerir as escolas até ao 12º ano de escolaridade.