O secretário-geral do CDS-PP, António Carlos Monteiro, reiterou, este domingo, que os centristas fazem uma «gestão moderada» das expectativas para os resultados nas eleições autárquicas, esperando um resultado «um pouco» melhor em número de mandatos.

Numa primeira reação aos números da abstenção, António Carlos Monteiro começou por afirmar que, segundo as informações do CDS-PP, a participação no ato eleitoral de hoje «está em níveis semelhantes» a eleições anteriores.

Apesar de ressalvar que «as primeiras declarações têm ainda de ser cautelosas», porque nos Açores as urnas ainda estão abertas, o secretário-geral centrista reiterou a mensagem que o líder do partido já havia veiculado, de que o CDS faz uma «gestão moderada» das expectativas para os resultados das eleições autárquicas.

Questionado sobre, concretamente, os resultados que o CDS-PP espera, António Carlos Monteiro respondeu que os centristas esperam um resultado «um pouco» melhor, «em mandatos, em vereadores, nas assembleias municipais, nas juntas de freguesia».

O CDS-PP governa sozinho apenas a Câmara Municipal de Ponte de Lima.

António Carlos Monteiros recusou comentar sondagens, não só pelo facto de ainda estarem abertas as assembleias de voto nos Açores, mas também pela «experiência» dos centristas com sondagens cujos resultados acabam por não se confirmar.