“Não é verdade, não era verdade e não é verdade que o sistema financeiro e em particular o sistema bancário tivesse sido corrigido pela intervenção da ‘troika’. Embora fosse o segundo dos objetivos do programa de ajustamento - consolidar o sistema bancário português -, o que aconteceu foi o agravar das dificuldades de vários bancos portugueses”, declarou o agora também ministro dos Negócios Estrangeiros durante o jantar de Natal da Federação Distrital do Porto do Partido Socialista (PS), em Matosinhos.


“Acabou um tempo de fantasia, de ilusão, de demagogia e de manipulação. Nós conhecemos bem os problemas, conhecemos os graves problemas que o país enfrenta, conhecemos os problemas que foram atirados para baixo do tapete por razões apenas eleitorais”, disse Augusto Santos Silva.