Notícia atualizada às 13:38


O secretário-geral do PS e candidato às eleições primárias, António José Seguro, votou este domingo, cerca das 11:05, na Guarda, e disse estar «muito, muito confiante» no resultado das eleições.


«Eu estou muito, muito confiante no resultado destas eleições», afirmou António José Seguro aos jornalistas após ter votado, no ato eleitoral que também conta com a candidatura do socialista António Costa.


O candidato, que foi recebido na Guarda, à porta da sede do PS local, por vários militantes e simpatizantes, foi o 95.º a exercer o voto naquela secção, onde está inscrito desde 1995.


António José Seguro é o militante do PS número 8.456 da secção da Guarda, onde estão inscritos 918 militantes e simpatizantes para as eleições primárias.


«Hoje é um dia de uma grande satisfação. É um dia histórico para o PS e para a democracia portuguesa. Pela primeira vez em Portugal realizam-se eleições primárias abertas a militantes e a simpatizantes para a escolha do candidato a primeiro-ministro e isto, como líder do PS é um motivo de enorme orgulho e de grande satisfação», afirmou.

 

O candidato e líder nacional do PS, disse ainda que, este domingo, deseja o mesmo que em todas as eleições: «Que haja uma boa votação, que decorra tudo com normalidade, que as pessoas vão votar e que, naturalmente, essas pessoas façam boas escolhas».

 

«Estou muito confiante no resultado destas eleições, muito satisfeito pela realização destas eleições primárias, as informações que tenho é que globalmente está tudo a correr muito bem, as pessoas estão a ir votar e esse é o apelo que eu deixo, é que todos os socialistas, todos os simpatizantes vão votar no dia de hoje», declarou.

 

Quando instado a pronunciar-se sobre questões relacionadas com o futuro do partido, respondeu aos jornalistas: «Não aproveitarei este momento para fazer o prolongamento da campanha eleitoral. Ela terminou na sexta-feira, hoje é dia de voto».

 

«Toda a gente já fez, com certeza, as suas opções, o apelo que eu faço aos socialistas e aos simpatizantes, é que venham votar e com o seu voto contribuam para esta vitória da democracia e da participação em Portugal», concluiu.

 

O candidato às primárias do PS adiantou que vai almoçar com a família e amigos, em casa, nas Caldas da Rainha, e depois irá para a sede nacional do PS para acompanhar a noite eleitoral.