Um dos autores do blogue de apoio a António Costa para a liderança socialista José Borges colocou, e retirou depois, um texto intitulado «Seguro e o fim do III Reich», que indignou a direção do PS.

«Foi inadmissível o que aconteceu. Estão a ser ultrapassados todos os limites» no blogue antonio.blog.sapo.pt, disse à agência Lusa fonte oficial da direção do PS.

Num blogue informal, em que participa o próprio presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, assim como os deputados João Galamba, Isabel Moreira e Pedro Delgado Alves, entre outros socialistas, José Borges publicou um "post" polémico e depois pediu desculpa por aquilo que escreveu sobre o secretário-geral do PS, António José Seguro.

«Num momento infeliz publiquei um "post" pouco correto e que retirei por esse mesmo motivo. Pelo facto peço desculpa a quem se possa ter sentido pela comparação. A responsabilidade atinge-me exclusivamente», refere na página do blogue.

Antes, José Borges, cujas funções públicas são desconhecidas de parte dos participantes no blogue contactados pela agência Lusa, tinha escrito o seguinte sobre o líder do PS.

«Reconhecendo que o ponto de partida possa parecer falacioso por aparentar uma redução hitleriana, a verdade é que a ação de um homem com poder que vê o mundo ruir pelo princípio democrático da discussão, é tão perigosa quanto destrutiva. Se Hitler ameaçava levar o mundo todo com ele para o abismo caso a Alemanha tombasse, assim parece agora António José Seguro do seu ninho de águia, lugar supremo da desrazão», escreveu.