"Há um problema com o governador de Portugal: já é demais. A ocultação da irresponsabilidade da banca é um problema e o governador é o problema do problema da a irresponsabilidade dos sistema financeiro."​


"Não será uma surpresa se os contribuintes tiverem de pagar um preço pela intervenção que foi feita em 2013. Vamos fazer tudo para assegurar que a perda par aos contribuintes seja a menor possível", afirmou António Costa.


"Tivemos um banco do PSD, BPN, que foi ao fundo e levou mais de 6 mil milhões de euros. Agora o Banif do PSD-Madeira que ameaça agora arrombar as contas do país. Os mesmos que hoje se mostram preocupados com as metas do défice são os mesmos que criaram problemas no Banif. Não há maior irresponsabildiade do que esconder informação e com fins eleitorais." 


"Soube-se ontem que PSD e CDS se entendeu com o governador, apesar das advertências do auditor do Banif, para não fazerem nada todo o ano de 2015 quando o banco estava incumprimento com o Estado. Havia eleições e era preciso fingir que estava tudo bem."




"Acho que o Governo deve encontrar um novo desenho que se adeque aquilo que é essencial: que nao deixemos de ter instrumentos fundamentais para intervir", defendeu António Costa.



"O ex-primeiro-ministro enganou-se ou quis enganar alguém?"




"O ex-primeiro-ministro enganou-se ou quis enganar alguém?".