Maioria disponível para debate alargado

A maioria PSD/CDS-PP manifestou abertura para «um debate alargado» sobre a dívida pública e desafiou o PS a clarificar a sua posição, propondo que a próxima conferência de líderes defina a metodologia da discussão.

«O PSD está disponível para debater novamente a divida pública nesta Assembleia, num debate alargado, num processo que não se arraste no tempo, em que cada partido transmita claramente as suas posições após o debate orçamental e com uma metodologia a definir já na próxima conferência líderes», afirmou o deputado Nuno Reis.

Intervindo no debate sobre a petição, assente no denominado «Manifesto dos 74», que pede a reestruturação da dívida pública e de projetos de resolução do PS, PCP e BE, a deputada do CDS-PP Cecília Meireles admitiu, no mesmo sentido, a viabilização de um «debate alargado», desafiando o PS a dizer «de uma vez para sempre aquilo que quer» sobre a dívida pública.

Nuno Reis frisou esperar que no debate a realizar o PS «não se esconda» por trás das opiniões de cidadãos e apresente a sua posição enquanto partido político.