O Presidente da República revelou esta quinta-feira que promulgará na sexta-feira o diploma que repõe os quatro feriados suspensos, dois dos quais religiosos, o que "suscitou o agrado da Santa Sé", onde hoje se encontrou com o Papa Francisco.

No final da conferência de imprensa que deu na residência da embaixada portuguesa junto da Santa Sé, Marcelo Rebelo de Sousa, já de pé e em conversa com os jornalistas revelou ter em cima da mesa para promulgação o diploma de reposição dos feriados, o que fará na sexta-feira.

"Vi que esse tema suscitou o agrado da Santa Sé", afirmou o chefe de Estado português, que teve uma audiência a sós com o Papa Francisco, durante cerca de meia hora, bem como com o secretário de Estado do Vaticano, Pietro Parolin, cargo equivalente a primeiro-ministro.

Além dos feriados civis do 5 de Outubro, que assinala a implantação da República, e de 1 de Dezembro, dia da Independência de Portugal, são repostos os feriados religiosos de Corpo de Deus, móvel, e do dia de Todos os Santos, a 1 de Novembro.