O comentador da TVI, Fernando Rosas, considerou que houve um empate entre Pedro Passos Coelho e António Costa no debate radiofónico entre os dois,  esta quinta-feira de manhã. No programa "Prova dos 9", da TVI24, Fernando Rosas defendeu que Pedro Passos Coelho está colado à imagem da mentira e referiu que António Costa revelou vulnerabilidades novas.

“O primeiro-ministro dificilmente consegue descolar da imagem da mentira, de quem prometeu mundos e fundos e fez exatamente o contrário do que prometeu. (…) O Dr. António Costa revelou, neste debate, um certo número de vulnerabilidades novas: uma é o carácter lunático da sua visão sobre a Europa em plena retificação do discurso económico”, criticou Fernando Rosas.


No mesmo programa, Francisco Assis deu a vitória ao secretário-geral do Partido Socialista.

“Foi um debate que, de certa maneira, caracteriza bem o confronto que está aqui em causa. É o confronto entre um partido que apresenta um programa, um programa com contas feitas, que especifica muito a natureza das suas propostas, e uma coligação que recorre muito ao medo e depois tem uma série de ideias vagas”, defendeu o comentador.

Já Paulo Rangel reconheceu que o primeiro-ministro esteve melhor neste frente a frente.
 
“Não há dúvidas nenhumas de que o primeiro-ministro ganhou o debate. Não tenho qualquer dúvida sobre isso. Acho que isso resultou de uma mudança de atitude e António Costa, quando é confrontado com uma atitude desse género, depois não tem capacidade para responder”, realçou o comentador.