«Vimos pelo menos cinco ministros a atacar este documento. É um documento que deixa a maioria nervosa. Houve um ataque cerrado à apresentação da proposta, o que mostra algum nervosismo».