Constança Cunha e Sá considera que a condecoração de ex-primeiros-ministros por parte do Presidente da República é uma «tradição» em Portugal.

«Não vejo razão para Sócrates não ser condecorado, toda a gente é condecorada. Seria muito mais saudável nunca condecorar um ex-primeiro-ministro, mas, como são todos, mais tarde ou mais cedo, Sócrates vai ser condecorado», afirmou na TVI24.

A comentadora falava sobre a condecoração de Cavaco Silva a Durão Barroso. «Em Portugal, qualquer coisa que mexa é condecorada. Foi feita uma extrapolação errada do reconhecimento do país. Os portugueses não lhe perdoaram a saída e a fuga do país para ir para Bruxelas», concluiu.