O Golf GTI TCR pode não ser o Golf GTI mais potente algum vez produzido pela Volkswagen (esse é um estatuto que pertence ao GTI Clubsport S de 310 cv), mas é certamente o mais rápido.

Apresentado na quinta-feira em Wörthersee, o novo Golf GTI TCR é classificado pela marca germânica como sendo um protótipo, mas a versão de produção em série será idêntica, por dentro e por fora.

A Volkswagen instalou um limitador electrónico que impede acelerar para além dos 250 km/h. Contudo uma vez removido, o novo Golf é capaz de atingir os 264 km/h.

Contando comum motor TSI turbocomprimido de 2.0 litros que debita 290 cv e um binário de 370 Nm às 1.600 rpm, potência essa que é enviada para as rodas dianteiras através de uma transmissão de sete velocidades (DSG7) que conta com um diferencial autoblocante.

De série inclui jantes de 18 polegadas e travões com pinças específicas que conferem uma capacidade de travagem equiparável à do modelo de competição. Já adicionalmente, é possível optar por um chassis desportivo e suspensão adaptativa que pode ser configurada ao pressionar um simples um botão e escolher qual a dinâmica de condução: normal, confortável ou desportiva.

Em matéria de interior, o habitual padrão do GTI foi agora substituído por bancos desportivos pretos com três listas e costuras vermelhas. Destaca-se igualmente os apontamentos cromados, o painel de instrumentos digital e o enorme ecrã táctil montado na consola central.

No que toca ao seu aspeto exterior o novo Golf GTI TCR recebeu um pára-choques dianteiro redesenhado para que possa acomodar dois radiadores adicionais, um splitter e um novo difusor traseiro ladeado por duas saídas de escape.

O lançamento deste Golf GTI TCR está previsto para o final do ano.

VEJA TAMBÉM: