A leiloeira internacional britânica COYS descobriu um tesouro automóvel que estava guardado há anos em contentores e cujo valor superará um milhão de euros.

Este tesouro consiste numa extensa coleção de peças raras de automóveis clássicos, muitas delas muito valiosas, de modelos como os Ferrari 250 WB, 250 GTO, 275, F40 ou 515LM, ou do Maserati 250F.

O valor das peças é maximizado pelo facto de muitas ainda estarem nos seus caixotes originais de madeira dos anos 1960 ou nas suas caixas de origem embrulhadas em papelão.

Algo desta escala e com a importância e raridade dos carros com os quais está relacionado não tem precedentes. No mínimo, estamos face a um valor de peças superior a um milhão de libras [cerca de 1,1 milhões de euros], provavelmente mais, e eu nunca vi algo assim”, afirma Chris Routledge, diretor da COYS.

Jantes, carburadores, tubos de escape, grelhas de radiador, ou tabliês são algumas das peças originais (e ainda por desempacotar) deste tesouro que fazia parte de uma coleção privada cujo dono faleceu há vários anos e que, no final deste mês, vai agora a leilão.