Cerca de 70 mil pessoas saudaram na madrugada de dia 1 de janeiro efusivamente, em Albufeira, no Algarve, os Xutos & Pontapés, naquele que foi o primeiro concerto de 2018 e o primeiro sem o guitarrista Zé Pedro.

Passavam 23 minutos da meia-noite, quando se ouviram os primeiros acordes de À Minha Maneira, junto à Praia dos Pescadores, no centro da cidade algarvia, naquele que foi o primeiro concerto sem o guitarrista Zé Pedro, um dos fundadores da banda, que morreu, aos 61 anos, a 30 de novembro de 2017.

Com o recinto esgotado para a celebração da passagem de ano, milhares de pessoas de todas as idades, aguardaram ansiosamente para ouvir a emblemática banda rock, num concerto que começou com cerca de 13 minutos de atraso.

Inicialmente marcado para as 00:10, logo após o fogo-de-artifício, os quatro elementos da banda surgiram em palco 23 minutos depois da meia-noite, onde foram saudados com assobios e aplausos pelos milhares de fãs.

Vítor Ramos, de 56 anos, deslocou-se de Lisboa a Albufeira com os filhos, de 21 e 24 anos, para celebrar a entrada no novo ano "mas, acima de tudo, para ouvir os 'Xutos', uma das bandas que marcou a infância de muitos portugueses".

Espero que os 'Xutos' não acabem depois de sofrerem a perda de um dos seus símbolos e que este seja o primeiro de muitos concertos deste ano", referiu à Lusa, Vítor Ramos.

Uns metros à frente, Cláudia Figueiredo, de 46 anos, manifestava-se igualmente satisfeita "por poder assistir novamente a um concerto daquela que foi uma referência musical da sua adolescência".

Sempre que posso não falho um concerto dos Xutos & Pontapés. Fiz cerca de 150 quilómetros de Sines, para os ouvir. Tinha curiosidade de os ver e acompanhar depois da perda do Zé Pedro", destacou.

Durante cerca de uma hora e meia que durou o concerto da passagem de ano em Albufeira, os 'Xutos' revisitaram alguns dos maiores êxitos, finalizando a atuação com "Casinha" seguida de "Para Sempre", acompanhada a plenos pulmões pelos milhares de pessoas que não arredaram pé até aos últimos acordes, ouvidos pelas 02:00.

A festa de passagem de ano em Albufeira reuniu cerca de 70 mil pessoas, que assistiram ao concerto do cantor e produtor AGIR antes de soarem as doze badaladas e que antecedeu o habitual fogo-de-artifício.