Linda Martini, Capitão Fausto e Throes + The Shine são os cabeças de cartaz do festival que vai decorrer na cidade de Mêda entre 24 e 26 de julho, disse hoje à agência Lusa fonte da organização.

O festival de música de verão Mêda+ também conta com espetáculos de Skills & The Bunny Crew, Anomalia e DJ 90 Cutz (dia 24), The Quartet of Woah!, The Walks e DJ Hugo Rizzo (25) e Anarchicks, The Lazy Faithful e Pitty c/ DJ Richy Rodriguez (26).

Segundo Pedro Rebelo Pereira, da organização, o evento que vai na quinta edição tem entradas gratuitas e deverá juntar mais de 7.500 pessoas dos distritos de Guarda, Porto, Lisboa, Coimbra e Aveiro.

O responsável indicou que o evento de 2013 recebeu «mais de 7.500 pessoas» e a edição deste ano tem «condições para o número continuar a crescer».

«Para além da entrada livre, a utilização do parque de campismo também é gratuita. A entrada para as piscinas municipais, ao lado do campismo, tem um valor simbólico, de um euro por dia», refere a organização.

O responsável disse hoje à agência Lusa que a entrada livre é, «desde o início, uma marca» que distingue o evento e é também «a forma de poder rivalizar com tanta oferta a nível de festivais em Portugal».

Por outro lado, para reduzir os custos dos participantes com a alimentação, a organização do evento musical, a cargo da Associação Juvenil Mêda+, celebrou acordos com a restauração local.

Segundo Pedro Rebelo Pereira, o Festival Mêda+ representa «bastante riqueza para todo o tecido económico do concelho, principalmente a restauração, o comércio e a hotelaria».

«É por isso, e por dar visibilidade à região, que continua a fazer sentido realizar este festival. As pessoas da Mêda sabem que é uma ocasião especial e têm conseguido aproveitá-la. De ano para ano, cresce o número de pessoas a passar três ou mais dias na Mêda para o festival e a deixar aqui muito dinheiro», acrescentou.

O evento também pretende «enriquecer a oferta cultural, dinamizar a economia e dar visibilidade» à região.

«É, para muitos jovens do interior do país, a única possibilidade que têm de assistir a um evento destas dimensões e de ver ao vivo algumas das bandas. É uma prova de que ainda há dinâmica nesta região e que há jovens empreendedores com vontade de inverter a tendência e com capacidade para organizar um festival de dimensão nacional», observou.

O Festival Mêda+, com um orçamento de 50 mil euros, é apoiado pela Câmara Municipal e pela Junta de Freguesia local.