Está completo o cartaz da 7ª Edição do Festival Folk Celta a decorrer em Ponte da Barca a 25 e 26 de Julho. Organizado pela Câmara Municipal local, o Festival Folk Celta, que volta a escolher as margens do Rio Lima e do afluente Vade como cenário, apresenta dois palcos que estarão a funcionar em alternativo.

O Palco Somersby, visto como o palco principal do evento, receberá no primeiro dia Sebastião Antunes & A Quadrilha, um coletivo português que funde a música tradicional com a folk. Ao palco subirão também os veteranos Milladoiro, que têm um legado de mais de 20 anos de carreira e que provêm da vizinha Galiza, e ainda os Música Profana que abrem o festival depois de em 2013 terem encantado no palco dedicado aos novos talentos.

No dia 26 de Julho, o palco fica entregue aos Isga Collective que trazem para o concerto a participação especial da galega Lorena Freixeiro. O mesmo palco Kepa Junkera, mestre da Trikitixa e vencedor do Grammy Latino para melhor álbum folk em 2004, e ainda os portugueses Uxu Kalhus, que se têm reinventado musicalmente nos últimos anos sempre com o objetivo de explorar novas fronteiras do tradicional.

O Palco Bricelta, que é dedicado aos novos talentos da música folk e celta, apresenta quatro estreias, todas elas selecionadas por votação online do público. No dia 25 de Julho atuam Myrica Faia e Espiral. A 26 de Julho é a vez dos Swing Station e aCordaPele prestarem provas.