A digressão mundial do cantor Ozzy Osbourne, que começa em maio no México e prossegue até 2020, vai passar por Lisboa, no dia 2 de julho do próximo ano, com Judas Priest como convidados, revelou esta segunda-feira a promotora.

Em comunicado, a Everything is New realçou que o vocalista de Black Sabbath vai celebrar, na Altice Arena, “cinco décadas de atuações ao vivo”, no âmbito da digressão mundial "de despedida".

Em palco com Osbourne vão estar os músicos Zakk Wylde, Blasko, Tommy Clufetos e Adam Wakeman.

“Esta tour, que conta levar Ozzy em digressão pelo mundo até 2020, ficará marcada como a despedida do lendário artista, embora ainda tenha em vista algumas atuações ao vivo pontuais e especiais. ‘As pessoas passam a vida a perguntar-me quando me reformo’, explica Ozzy. ‘Esta será a minha última digressão, mas não posso dizer que não vou fazer um espetáculo aqui ou ali’”, adiantou a promotora em comunicado.

Já este ano, os Black Sabbath deram por encerrada a sua própria digressão de despedida, que começou em janeiro de 2016 e acabou em fevereiro, na cidade natal da banda, em Birmingham, no Reino Unido.

Esta será a segunda digressão de despedida de Osbourne, depois da que realizou em 1992 e que já veio classificar como “um erro”.

Os bilhetes para o concerto vão estar à venda a partir de sábado, com preços entre os 42 e os 89 euros.