São os dois adolescentes e músicos, apesar de virem de dois universos de pop bem diferentes - Lorde e Justin Bieber estão entre as personalidades, com menos de 20 anos, que mais se destacaram em 2013, segundo a «Time».

A revista norte-americana destaca o talento precoce da cantautora neozelandesa. Com 13 anos de idade, assinou o seu primeiro contrato profissional com uma editora, e agora, aos 17, é a autora de um dos maiores êxitos musicais do ano. «Royals» alcançou o primeiro lugar nos principais tops de singles, incluindo nos EUA e no Reino Unido.

Segundo a «Time», Lorde (cujo verdadeiro nome é Ella Maria Lani Yelich-O'Connor) recusou recentemente participar na nova digressão de Katy Perry, assegurando a primeira parte dos espetáculos, por «sentir que não seria certo».



Quanto a Justin Bieber, a «Time» chama a atenção para os milhões de dólares que o canadiano movimenta à sua volta. Segundo as contas da revista «Forbes», o cantor de 19 anos vale qualquer coisa como 58 milhões de dólares (cerca de 43,1 milhões de euros).

Bieber é também um dos nomes mais falados e comentados da indústria musical, quer pelo número de discos vendidos, quer pelas polémicas que o acompanham - desde o fim do namoro com Selena Gomez até a discussões com paparazzi.



Da lista dos 16 adolescentes mais influentes para a revista «Time» fazem ainda parte personalidades como a ativista dos direitos das mulheres no Paquistão, Malala Yousafzai (16 anos), ou as atrizes Kiernan Shipka (14) e Chloë Grace Moretz (16).