A cantora portuguesa Aurea festejou o sucesso da sua apresentação no Rock in Rio, que lotou o palco alternativo num concerto conjunto com os The Black Mamba no primeiro concerto de domingo na Cidade do Rock, escreve a agência Lusa.

«Nunca sabemos o que podemos esperar do público, ainda por cima aqui, que as pessoas não nos conhecem. Vi pessoas a cantar as minhas músicas, vi pessoas com t-shirts com o meu nome, o que não esperava, e fiquei muito contente», contou a cantora em entrevista à Lusa após a apresentação.

A cantora, vencedora do Globo de Ouro 2011, como melhor intérprete individual, contou que a ideia de se unir aos Black Mamba surgiu de um convite do curador do palco Sunset, Zé Ricardo, e foi «muito bem recebida» por todos.

«Tivemos de fazer um espetáculo todo do início, um espetáculo novo, e como já nos conhecíamos todos, quando passámos tudo para a prática foi delicioso», afirmou a cantora, acrescentando que os músicos encontraram-se nas duas últimas semanas para alguns ensaios.

«Tivemos esse tempo para passar [as músicas] e convivermos uns com os outros, o que é importante, porque não é só trabalhar, é preciso conhecer as pessoas», acrescentou.

Além da aprovação dos brasileiros - o público passou de poucas dezenas, no início, para centenas de pessoas que ocuparam todo o espaço em torno do palco secundário - a apresentação conjunta dos portugueses também agradou à imprensa brasileira.

«A escolha do soul dos portugueses The Black Mamba e Aurea foi perfeita: música dançante, bem tocada e cantada», diz o texto publicado pela versão online do diário local «O Globo», que completa que «certamente os dois ganharam fãs brasileiros».