Alexandra Lilah Denton ou Aleksandra Lilah Yakunina-Denton, nascida há 25 anos na cidade inglesa de Manchester, pode dizer muito pouco a muito boa gente. Mas o seu nome artístico de Shura já não deixará ninguém indiferente.

Há dois anos, Shura lançou-se na internet com “Touch”. A canção, que assentava no som R&B dos anos 80 e 90, foi um sucesso. Editado em single, Shura gravou depois “Just Once” e “Indecision”, com o animado som dance-pop que antecedeu “White Light EP”, o primeiro EP, e “Nothing’s Real”, trabalho que a compositora inglesa pretende apresentar no Vodafone Paredes de Coura.

Shura, que começou a compor música aos 13 anos, vai atuar no festival de Paredes de Coura em substituição de Sharon Jones & the Dap-Kings, uma desistência de última hora por motivos de doença.

"Desapontados" por cancelar a torunée

A organização do festival de Paredes de Coura, que se realiza entre 17 e 20 de Agosto naquele concelho do distrito de Viana do Castelo, revela em comunicado as razões da ausência de Sharon Jones & the Dap-Kings, que levaram a banda a cancelar toda a tournée europeia.

Estamos muito desapontados por ter de anunciar o cancelamento da próxima tour europeia. A Sharon está bem, mas terá de ser submetida a um procedimento médico, relacionado com o cancro, e o tempo de recuperação entrará em conflito com estas datas europeias. Passou muito tempo desde que visitámos os nossos fãs europeus e tentaremos regressar à Europa o mais depressa possível!”, adianta a banda em comunicado.

Sem a presença da banda norte-americana de funk e soul, o festival de Paredes de Coura reforça o cartaz com Shura, que se junta a outros nomes como os LCD Soundsystem, Unknown Mortal Orchestra, The Tallest Man On Earth, Portugal. The Man, Minor Victories e Cage The Elephant.

Os passes gerais para a 24ª edição do Vodafone Paredes de Coura podem ser adquiridos no site oficial do festival e ainda nos locais e sítios da internet habituais por 90 euros. Os bilhetes diários custam 45 euros.