A banda U2, cuja última digressão em 2009-2011 foi «extremamente lucrativa», anunciou esta quarta-feira uma série de concertos na América do Norte e Europa no próximo ano.

A banda irlandesa planeia atuar em 19 cidades e inicia a digressão em Vancouver, na Columbia Britânica, no Canadá, onde atua nos dias 14 e 15 de maio e encerra em Bercy, nos arredores de Paris, nos dias 10 e 11 de novembro, noticiou a agência AFP.

A banda projeta apresentar dois concertos por cada cidade, à exceção de Nova Iorque e Los Angeles, nos Estados Unidos, e em Londres, onde estão previstas quatro datas.

«Vamos tentar criar atmosferas completamente diferentes entre os dois concertos em cada cidade e nossa ideia é divertir com toda a inocência através da experimentação», disse Bono, um dos elementos da banda.

Bono referia-se assim ao mais recente álbum da banda, «Songs of Innocence», colocado online gratuitamente no iTunes e em que o cantor recupera memórias de infância.

A última digressão, intitulada «360», foi realizada entre 2009 e 2011, totalizou 110 concertos em todo o mundo, que geraram um recorde de receitas de mais de 736 milhões dólares norte-americanos.