Foi detido um homem suspeito de ter assassinado o rapper norte-americano XXXTentacion, na segunda-feira, quando este saía de um stand de motas na Florida.

Segundo a polícia de Broward, trata-se de Dedrick Williams, de 22 anos, que foi detido na noite de quarta-feira e acusado de homicídio qualificado.

Dedrick Williams tem cadastro por roubo de carros e homicídio involuntário e estava em liberdade condicional até 2021.

As autoridades indicam, ainda, que o suspeito da morte de XXXTentacion foi também acusado de roubo de carros e condução sem habilitação legal.

Leia também:

O artista, de 20 anos, cujo nome verdadeiro era Jahseh Dwayne Onfroy, morreu na segunda-feira, depois de ter sido baleado à porta de uma loja de motos em Deerfield Beach, uma localidade a norte de Miami, eram quatro da tarde.

Dois suspeitos fugiram de carro.

As autoridades que estão a investigar o caso consideram desde o início tratar-se de uma tentativa de roubo. 

XXXTentacion, natural de Plantation, na Florida, tornou-se conhecido depois de a sua música "Look at me" ter-se tornado viral nas redes sociais em 2016.

Em março, o segundo álbum “?” de XXXTentacion foi o mais vendido nos Estados Unidos. 

A curta vida do rapper esteve sempre envolta em polémica, devido a atos violentos em que foi implicado.

Em 2016 foi detido e acusado de invasão de domicílio. No mesmo ano, XXXTentacion ficou em prisão domiciliária por ter atacado a namorada grávida.