A SPA e a GDA uniram-se para criar um gabinete de apoio à exportação da música portuguesa. Para que isto aconteça, as entidades anunciaram os seus planos numa apresentação pública no Teatro São Luiz, em Lisboa.

O intuito do projecto «Portugal Music Export» prende-se com a vontade de obter mais benefícios para o nosso país, não só pela sua vertente cultural mas também económica, potenciando a internacionalização das produções musicais portuguesas.

Foi com artistas, editoras e agentes presentes que os responsáveis pelo projecto apelaram à divulgação de todos, nomeadamente aos músicos para que passassem a palavra em entrevistas, concertos e ocasiões mediáticas.

O objectivo é captar a atenção do poder político. Nas palavras de Pedro Osório, maestro e administrador da SPA, o envolvimento do estado é fundamental para que o projecto avançe, pois necessita de verba, tendo assegurado que está tudo «ao alcance de qualquer crise».

De entre os músicos presentes destacaram-se as opiniões de Vitorino, que assinalou a pouca presença dos media, Valdiju que sugeriu uma petição online e uso de redes sociais para espalhar a mensagem e Gomo que lamentou a ausência de inúmeros colegas de profissão.

Vê aqui a reportagem

Apresentação pública do projecto Portugal music export