António Zambujo: um «Quinto» feito de fado e não só

«A música que eu faço tem tanta influência do fado como da música tradicional do Alentejo, da música popular do Brasil, das mornas de Cabo Verde e do jazz», disse o músico em entrevista ao IOL Música

Por: / Manuel Lino (imagem) e Luís Silva (edição de imagem)    |   23 de Abril de 2012 às 15:23
É já esta terça e quarta-feira que António Zambujo apresenta o seu novo álbum em dois concertos no Grande Auditório da Gulbenkian, em Lisboa. «Quinto» é um disco que nasce do fado e não só.

«A música que eu faço tem tanta influência de fado como tem de outros géneros musicais. São igualmente importantes as influências da música tradicional do Alentejo, da música popular do Brasil, das mornas de Cabo Verde e do jazz», explicou António Zambujo em entrevista ao IOL Música.

O título do disco é fácil de explicar, ou não fosse este o quinto registo de estúdio do músico alentejano. «[O título é] o "Quinto" por existir uma enorme falta de criatividade para escolher títulos para discos», confessou, recordando que «os discos anteriores têm todos títulos de músicas».

Para além dos poemas de habituais colaboradores como João Monge e José Eduardo Agualusa, «Quinto» conta com duas letras assinadas por Pedro da Silva Martins, dos Deolinda.

«São pessoas que conhecem bem a música que eu faço e isso torna as parcerias mais fáceis e mais naturais», disse António.

«No caso do Pedro [da Silva Martins] aconteceu exatamente a mesma coisa: soube que o Pedro conhecia a minha música, que gostava dela, e ele também ficou a saber que eu gostava muito daquilo que ele fazia. A partir daí ele começou a pensar em músicas para eu cantar e apareceram estas duas, o "Algo Estranho Acontece" e o "Queria Conhecer-te Um Dia".»

Os próximos meses serão de concertos e António regressa em maio ao Estados Unidos para a sua segunda digressão em território norte-americano. Brasil, França, Itália e Holanda serão outros dos destinos do músico, que realizará uma tournée em Portugal no final do verão.

Ao longo do ano, poderão também surgir outras novidades nascidas da colaboração de António Zambujo com outros músicos nacionais.

«Há uma série de músicos com quem eu estou de forma quase permanente a ter ideias», afirmou, referindo-se a Luísa Sobral, Pedro da Silva Martins e Miguel Araújo, este último com quem criou o projeto Os da Cidade.

«Já temos o disco [d'Os da Cidade] mais ou menos pronto, mas como eu estou a lançar o "Quinto" e ele também vai lançar o disco a solo dele, estamos à espera de [ter] mais tempo [para finalizar o álbum]», revelou António Zambujo.

«São pessoas com quem eu estou sempre em contacto e estamos sempre a fazer parcerias, há sempre ideias novas que vão surgindo.»
PUB
Partilhar
EM BAIXO: António Zambujo (foto: Rita Carmo)
António Zambujo (foto: Rita Carmo)
COMENTÁRIOS

PUB
Sócrates passa segunda noite detido na PSP de Lisboa

Cinco horas depois de entrar, o ex-primeiro-ministro saiu do Campus de Justiça, onde foi apenas identificado pelo juiz Carlos Alexandre. Sócrates chegou ao Comando Metropolitano da PSP de Lisboa às 22:26, verificou a TVI no local. Ex-primeiro-ministro vai passar a segunda noite detido e deverá ser ouvido este domingo. José Sócrates foi detido na sexta-feira no aeroporto de Lisboa quando chegava de Paris. É suspeito de crimes de fraude fiscal, branqueamento de capitais e corrupção