Prince está a gerar, mais uma vez, polémica, depois de ter aderido ao Instagram. Apesar de parecer que o músico finalmente se rendeu à Internet, depois de anos a lutar contra as redes sociais, o cantor está a usá-la como nenhum outro: para partilhar apenas imagens editoriais, com qualidade profissional, refere a AFP.

A conta de Instagram, intitulada Princestagram, foi inaugurada a semana passada, mas já tem 88 publicações. Entre elas estão fotos de concertos, fotografias editoriais e imagens de capas de CD, todas elas com uma mesma particularidade: foram tiradas por fotógrafos profissionais.

Ao contrário de grande parte das estrelas, que têm usado as redes sociais para se aproximar dos fãs, mostrando imagens do quotidiano, Prince tem preferido usar a conta para exibir os momentos altos da carreira e mostrar o seu sentido de humor.

O cantor tem publicado alguns memes, que mostram como “os tipos de pele branca atiram dados” ou “limpam o nariz” e publicou, até, uma foto de "Chappelle's Show”, onde foi parodiado, com a legenda “isto aborrece-me”.

 
 

B&W

A photo posted by PRINCESTAGRAM (@prince) on


 
 

😒

A photo posted by PRINCESTAGRAM (@prince) on



A entrada de Prince no Instagram parece uma ressurreição do cantor no mundo online, depois de ter declarado, em 2010, que a Internet estava “totalmente acabada”. Prince aderiu ao Facebook e ao Twitter, em 2014, mas eliminou as contas pouco tempo depois, sem tecer qualquer comentário.

Para além disto, o cantor retirou grande parte do seu reportório do Youtube e dos sites de streaming musical.

Contudo, segundo a agência noticiosa, o músico falou recentemente sobre as possibilidades da Internet, depois de ter lançado o seu trabalho mais recente no Tidal.