A cerca de três meses da sua décima edição, o «Boom Festival» já tem confirmados visitantes de 130 países, o que, segundo a organização, torna este festival o mais abrangente de Portugal, com uma capacidade de atrair visitantes semelhante ao que aconteceu na «Expo 98».

O festival que se realiza de dois em dois anos na Herdade da Granja, em Idanha-a-Nova, durante a lua cheia de agosto, já tinha recebido pessoas de 102 países em 2012, mas nem a organização contava com um número tão elevado para o «Boom 2014».

À semelhança das edições anteriores, de 4 a 11 de agosto o «Boom» vai receber várias formas de arte, como a música, a pintura, o graffiti, o teatro e o cinema, numa herdade com 150 hectares no distrito de Castelo Branco.

A organização já providenciou autocarros a partir do aeroporto de Lisboa, Madrid, Grenoble e Paris, para facilitar o acesso dos visitantes ao recinto.

Os bilhetes estão à venda no site oficial, bem como junto dos 115 embaixadores espalhados pelo mundo.