O fadista Carlos do Carmo, que recebeu um Grammy Latino de Carreira, quarta-feira passada, protagoniza o concerto de fim de ano, no dia 31 de dezembro, no Casino Estoril, no concelho de Cascais, foi divulgado esta segunda-feira.

“Num encontro de gerações, Carlos do Carmo sobe ao palco, pouco depois da meia-noite do dia 31 de dezembro, acompanhado pelos seus convidados, os fadistas Marco Rodrigues e Raquel Tavares”, lê-se no comunicado do Casino, enviado à Lusa.

O fadista irá apresentar «um alinhamento especialmente concebido para esta noite», segundo a mesma fonte.

Carlos do Carmo, recebeu na passada quarta-feira o Grammy Latino de Carreira, no Hollywood MGM Theatre, em Las Vegas, no estado norte-americano do Nevada.

Em declarações à Lusa, nas vésperas de receber o galardão, o fadista afirmou: «Num momento de sofrimento como o que o meu povo está a viver, e a minha pátria está a viver, a alegria que possa dar às pessoas, apesar da simplicidade que as coisas têm - isto não lhes mata a fome, nem lhes arranja emprego -, mas que possa dar-lhes uma alegria, já fico muito contente».

O artista, com uma carreira de 51 anos, salientou que esta é uma oportunidade para dar a conhecer outros artistas portugueses que, no futuro, podem vir a ser premiados.

Fazendo uma reflexão da sua carreira, Carlos do Carmo, filho da fadista Lucília do Carmo, afirmou: “Corri sempre em pista própria e não em pista de competição, nunca competi, até porque cantar não é o mesmo que correr. Há sempre gostos. Uns gostam mais de A, outros, de B. Isso não quer dizer que A ou B cantem muito bem ou cantem mal, são os gostos das pessoas”.

No ano passado, Carlos do Carmo editou um novo álbum, «Fado é Amor», no qual gravou em duo com vários fadistas, entre eles, Raquel Tavares e Marco Rodrigues.