O NOS Primavera Sound regressa esta quinta-feira ao Parque da Cidade do Porto para uma quinta edição com PJ Harvey, Brian Wilson e Sigur Rós entre os cabeças de cartaz. Cartaz que é, de resto o maior trunfo do festival, por ser eclético e diversificado. 

A juntar aos artistas que, à partida, serão mais conhecidos do público, há outros projetos - sejam bandas emergentes, bandas de culto ou grupos que, pelas mais diversas razões, não gozam de tanta popularidade - que merecem destaque neste festival. 

E haverá muito para ver e ouvir neste festival pois, afinal, são quatro palcos ao longo de três dias, com os primeiros concertos a terem início às 17:00 e os últimos às 4:00. 

Deixamos-lhe agora uma seleção de bandas que, apesar de não serem os nomes maiores em cartaz, também devem merecer a sua atenção.

VEJA TAMBÉM: Tudo o que precisa de saber sobre o festival

 

Quinta-feira, 9 de junho

Sensible Soccers - 17:00, Palco Super Bock

São uma das bandas portuguesas do momento, com músicas minimalistas que criam sonoridades atmosféricas. Depois de um primeiro EP lançado em 2011, a banda sediada em Vila do Conde captou atenções do público e da crítica com "Fornelo Tapes Vol. 1" e o single “Sofrendo por Você”.

O álbum “8” lançado em 2014 foi a confirmação de que os Sensible Soccers vieram para ficar, com a crítica nacional a considerar o disco um dos melhores desse ano. “Villa Soledade” é o nome do último trabalho, que foi lançado em fevereiro deste ano.

 

Julia Holter - 21:00, Palco Super Bock

As canções da californiana Julia Holter proporcionam uma viagem intimista, ao som de melodias pop, com texturas celestiais. Dona de uma voz angelical, Julia Holter, que atuou pela primeira vez em Portugal em 2012, traz ao Porto o último álbum, "Have You in My Wilderness", editado no ano passado. 

 

Parquet Courts - 00:00, Palco Super Bock

Os Parquet Courts trazem indie rock de Brooklyn. A banda, que se estreou em Portugal em 2014 no festival Nos Alive, já tem cinco álbuns editados, apesar de se terem juntado há apenas seis anos. O último trabalho dos norte-americanos, "Human Performance", ainda está fresquinho, pois foi lançado em abril deste ano.

 

Sexta-feira, 10 de junho

Destroyer - 18:50, Palco Super Bock

O cantor e compositor Dan Bejar é a alma dos Destroyer, uma banda de indie rock onde as letras poéticas se destacam entre as melodias. Os canadianos já andam por cá desde a década de 1990 e já têm 11 álbuns de estúdio. O último, "Poison Season", foi lançado no ano passado. 

 

Beak - 19:00, Palco . (ponto)

É um projeto paralelo de Geoff Barrow, dos Portishead. O grupo britânico mistura influências da eletrónica experimental, do rock e da música industrial, num registo difícil de classificar. Têm dois álbuns para apresentar no festival.

 

Savages - 21:24, Palco Super Bock

Estas quatro britânicas juntaram-se em 2011 e chamaram a atenção logo ao primeiro álbum, “Silence Yourself”, editado em 2013. São uma banda de rock, com muito noise e toda a garra do punk, que proporciona atuações verdadeiramente enérgicas em palco. A primeira vez que atuaram em Portugal foi precisamente no Nos Primavera Sound, em 2013. Agora, regressam ao Parque da Cidade do Porto para apresentar o último álbum, “Adore Life”, lançado em janeiro deste ano.

 

Tortoise - 01:00, Palco .

Sete anos depois, os norte-americanos Tortoise lançaram um novo álbum em 2016, “The Catastrophist”, e o acontecimento vai ser celebrado no Parque da Cidade do Porto. O grupo de Chicago, formado na década de 90, é uma referência do post-rock e do rock instrumental, profundamente influenciada pelo jazz. Estiveram pela última vez em Portugal em 2013.

 

Sábado, 11 de junho

Autolux - 20:30, Palco . 

Depois de seis anos de silêncio, este trio norte-americano regressou em 2016 com um novo trabalho, "Pussy's Dead", que deverá marcar o alinhamento da atuação no NOS Primavera Sound. Com mais de dez anos de carreira, os Autolux misturam texturas eletrónicas e camadas de distorção ao rock das guitarras. 

 

Battles - 21:10, Palco Super Bock

Os Battles são uma banda de rock experimental, influenciada por géneros como o post-rock, o math rock e o avant-garde. Com uma sonoridade hipnótica e vibrante, os norte-americanos regressam a Portugal para apresentar "La Di Da Di", lançado no ano passado.

 

Explosions in the Sky - 23:50, Palco Super Bock

A banda de Austin, Texas, regressa ao Nos Primavera Sound, depois de ter integrado o cartaz da edição de 2013. O grupo de rock instrumenal e post-rock vem agora apresentar o novo álbum "The Wilderness", lançado em abril.