A lesão na mão de Enrique Iglesias, causada por um drone durante um concerto em Tijuana, México, no sábado, “é pior” do que o inicialmente previsto, segundo um comunicado divulgado nesta quarta-feira.


 
Enrique Iglesias, de 40 anos, cortou os dedos quando tentou agarrar o drone, que é habitualmente usado para filmar o público nos seus concertos, para dar uma perspetiva do palco aos fãs, e foi operado na segunda-feira.
 
“Os danos acabaram por ser piores do que o inicialmente previsto. Ele sofreu uma fratura que teve de ser corrigida além da cirurgia reconstrutiva. A recuperação vai durar algumas semanas, mas será total”, consta na divulgação no site do cantor.
 
Enrique Iglesias permaneceu em palco mais 30 minutos depois do corte, após ter sido tratado mas contra as indicações. Seguiu depois para Los Angeles para ser operado.