Christina Grimmie, vencedora de um concurso televisivo de talentos, morreu no sábado, após ter sido baleada no final de um concerto, na Flórida, nos Estados Unidos. O atirador suicidou-se.

A cantora, de 22 anos, estava a dar autógrafos quando um homem, armado com duas pistolas, se aproximou e atirou sobre a jovem. A agente confirmou, mais tarde, que Christina Grimmie não resistiu aos ferimentos e acabou por falecer.

O irmão da cantora foi um “herói”, de acordo com testemunhos recolhidos pela CNN, já que impediu o atirador de ferir mais alguém.

 

Desconhece-se a identidade e os motivos que levaram o homem a atingir mortalmente a artista.

Christina Grimmie foi descoberta no Youtube. O programa de Voice já reagiu à sua morte. A produção “não tem palavras”.

 

Esta foi a última mensagem que Christina deixou aos fãs na sua página de Facebook.