O artista canadiano Justin Bieber foi preso na sexta-feira passada nas proximidades de Toronto (Canadá) por condução perigosa e agressão, quando um veículo todo-o-terreno que conduzia chocou com um automóvel.

A polícia de Ontario disse esta terça-feira, em comunicado, que o acidente ocorreu na sexta-feira à tarde em Perth East, cerca de 150 quilómetros a oeste de Toronto, quando o todo-o-terreno de Bieber, que viajava com outra pessoa, embateu contra um monovolume.

«O condutor do todo-o-terreno e um ocupante do monovolume envolveram-se numa agressão física. Justin Bieber [20 anos], residente em Calabasas, Califórnia [Estados Unidos], foi acusado de condução perigosa e agressão», revelou a polícia.

O ocupante do monovolume não foi detido pela polícia canadiana.

O acidente ocorreu a poucos quilómetros de Stratford (Canadá), onde o cantor canadiano cresceu e o seu pai possui uma casa.

O advogado de Bieber, Brian Greenspan, afirmou esta terça-feira, num comunicado, que o artista se encontrava naquela localidade a descansar com a artista norte-americana Selena Goméz.

Greenspan disse que o seu descanso foi «desgraçadamente interrompido pela presença indesejada de um pararazzi».

O advogado do artista garantiu que Bieber, que teve já vários encontros com as autoridades policiais nos Estados Unidos e no Canadá, está a «cooperar totalmente» com a investigação policial.