Compositora, cantora e atriz luso-canadiana, Nelly Furtado tem a agenda cheia para este ano de 2015. Uma nova digressão internacional, um filme e um novo disco fazem parte daquele que será um grande ano para a cantora.
 
 Nelly Furtado nasceu no Canadá, no seio duma família proveniente dos Açores, disse à agência Lusa que «não estaria» onde está senão fosse a «força» que as «raízes e o público lusodescendente do mundo inteiro» lhe transmitem.

Tenho muito orgulho de ser portuguesa. É uma parte importante de mim».

 
Apesar de cantar quase sempre em inglês, Nelly garante que as músicas têm «muitas influências portuguesas» e garante aos jovens que «tudo o que quiserem fazer é possível, as diferenças tornam-nos únicos», pelo que «devem seguir os seus sonhos, celebrar as suas diferenças, a sua alegria, as suas raízes e as suas famílias».
 
A cantora está em digressão pela Suíça, no âmbito do 20º aniversário dos espetáculos de «Art on Ice», que junta estrelas de música e campeões de patinagem artística, entre os quais destaca o patinador campeão do mundo em 2005 e 2006, Stéphan Lambiel também ele com raízes portuguesas. «Stéphane tem algo que, para mim, é muito português – é muito apaixonado, é muito luso», diz a cantora lusocanadiana.
 
Perante dezenas de milhares de pessoas, Nelly furtado atua ao lado do compositor e intérprete britânico Tom Odell e do cantor suíço de origem brasileira Marc Sway.
 
«Canto a minha música ao vivo para acompanhar os patinadores», disse a cantora à Lusa, considerando o espetáculo, uma experiência «muito diferente» e «estimulante».
 
Depois do espetáculo, Nelly Furtado irá atuar em junho no âmbito do projeto intitulado «Contemporay Color» em Toronto, Canadá e em Brooklyn, nos Estados Unidos ao lado de artistas como David Byrne, Nico Muhly e Ira Glass ou ainda a cantora St. Vincent, entre muitos outros.
 
No meio de tudo isso a cantora tem ainda «um pequeno papel no filme ‘A date with miss Fortune’», do realizador canadiano John L’Ecuyer, uma «comédia romântica» que «vai provavelmente agradar ao público» português e lusodescendente e está ainda a «trabalhar num novo álbum» que «vai sair em breve e para o qual a se sente «muito, mesmo muito inspirada».
 
A cantora, que o ano passado foi condecorada com a comenda da Ordem do Infante , já vendeu mais de 20 milhões de discos recebeu mais de 60 prémios internacionais de músicas entre os quais um Grammy em 2002.