A Volkswagen confirmou que vai pagar 1,2 mil milhões de dólares (cerca de 1.069 milhões de euros) aos revendedores da marca nos Estados Unidos na sequência do escândalo das emissões.

Os 652 revendedores da VW nos EUA vão receber em média 1,8 milhões de dólares (cerca de 1,6 milhões de euros) durante um período de 18 meses conforme noticia a agência Reuters.

O acordo tinha sido proposto em agosto e foi agora consentido pelas partes, mas carece ainda da ratificação por um juiz federal dos EUA.

Como parte do acordo, a VW fica ainda comprometida a comprar de volta os carros diesel que não forem vendidos pelos revendedores. A VW está desde 2015 proibida de vender veículos diesel para os EUA.