Os condutores de uma estrada em Severeny, na Rússia, foram surpreendidos nos últimos dias por mulheres em topless, exibindo sinais que lembram o limite máximo de velocidade – de 60 ou 40 km/h.

A ideia já tinha surgido há três anos, mas voltou a ser adotada. Segundo dizem as autoridades, ficou provado que os condutores em excesso de velocidade – sobretudo homens – tendem a tirar o pé do acelerador para admirar estas “sinaleiras”.

“Os russos raramente abrandam quando estão em estradas rurais ou no interior de localidades. É lamentável. Mesmo quando há vários sinais de limite de velocidade. Por isso temos que os obrigar”, brinca uma das modelos envolvidas no projeto.

Os condutores também parecem gostar da iniciativa. “É fantástico. Gostaria de ver mais disto pelas estradas. E sim, olhei para o sinal do limite de velocidade”, disse um deles.

A medida arrancou na localidade de Severeny, junto a uma passagem de peões particularmente perigosa e já há planos para que se estenda depois to sucesso da campanha, que até ao momento ainda não causou acidentes, pela “distração” causada pelas modelos.

Veja o vídeo: