Cerca de 150 veículos, 2000 aficionados e seis jatos supersónicos. Tudo para a primeira cena do “The Grand Tour”, o novo programa dos antigos apresentadores do “Top Gear”. Ao todo, 2,8 milhões de euros para menos de 30 segundos, que o tornam, assim, no genérico mais caro de sempre de um programa na televisão britânica.

A cena, que terá um “estilo Mad Max” e que foi gravada no deserto da Califórnia há cerca de uma semana, promete causar furor, ou não estivessem por trás da ideia Jeremy Clarkson, James May e Richard Hammond, os antigos apresentadores do Top Gear.

O programa, de resto, estreia a 18 de novembro na “Amazon Prime”, a plataforma de streaming que vai disponibilizar os 12 episódios da primeira temporada da série automóvel.

Estão já confirmadas três temporadas de The Grand Tour. Resta saber em que canais poderá ser visto nos países que ainda não têm acesso ao Amazon Prime, com é o caso português.

Sobre o formato, será completamente distinto do Top Gear. A começar pelo facto de ser gravado em vários países – daí o nome -, como África do Sul, Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha. As rubricas do Top Gear não transitam para o The Grand Tour, por questão de direitos de autor da BBC.

Veja ainda:
Jeremy Clarkson elege os 10 melhores carros do ano
Clarkson, Hammond e May estão no Algarve com LaFerrari, 918 Spyder e P1!